A próstata é uma pequena glândula do sistema reprodutor (genital) masculino, que tem a função de produzir um líquido que compõe o líquido seminal, além de estimular alguns músculos que auxiliam na ejaculação. As secreções prostáticas são ricas em alguns minerais e enzimas, como o antígeno prostático específico (PSA). Níveis elevados de PSA são um importante indicativo de câncer de próstata, doença causada pelo crescimento descontrolado de células prostáticas que podem ser causados por alimentação rica em gordura e sedentarismo (fatores comuns à obesidade), consumo excessivo de álcool e tabagismo.

A campanha Novembro Azul surgiu da necessidade de se conscientizar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para o sucesso do tratamento contra o câncer de próstata. Durante o mês, diversas cidades do País organizam atividades para orientar os homens com palestras e distribuição de material informativo sobre a prevenção, os sintomas, o diagnóstico e o tratamento desse câncer.

 

Sintomas do câncer de próstata:

O câncer de próstata é uma doença silenciosa. Muitas vezes, seu avanço é imperceptível. Por isso, ao perceber estes sintomas, procure um médico imediatamente.

 

– Vontade frequente de urinar;

– Sensação de não esvaziamento da bexiga;

– Impotência sexual;

– Dormência nas pernas e/ou nos pés;

– Dor na região pélvica ou lombar;

– Incontinência urinária e/ou fecal.

 

A OBESIDADE É UM IMPORTANTE FATOR DE RISCO PAR AO CÂNCER DE PRÓSTATA

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), quase 600 mil novos casos de câncer são notificados por ano (dos quais 15 mil são associados à obesidade ou sobrepeso). Desses, mais de 61 mil, de câncer de próstata, a segunda mais comum nos homens e a terceira mais fatal.

São inúmeros os estudos que relacionam a obesidade ao câncer de próstata, além disso, em homens obesos ou com sobrepeso, a gordura cria um ambiente favorável ao crescimento das células cancerígenas e faz com que os tumores sejam ainda mais agressivos.

 

Outros fatores de risco

– Idade: Todos os homens acima de 50 anos devem consultar com um urologista anualmente. Em casos câncer de próstata na família, a idade de risco baixa para 45 anos.

– Histórico familiar: Caso de câncer de próstata em parentes como pai, avôs, tios ou irmãos aumentam o risco.

– Cor da pele: O câncer de próstata é mais incidente entre homens negros.

 

CONTROLE DO SOBREPESO E DA OBESIDADE COMO FORMA DE PREVENÇÃO

Uma dieta equilibrada e a prática regular de exercícios físicos (mais de 150 minutos semanais) são a primeira indicação para a perda de peso. Quando essas medidas não funcionam, medicamentos podem ser prescritos pelo médico. O balão intragástrico é indicado para pacientes com IMC acima de 27 e apresenta resultados consistentes quando associado à reeducação alimentar e a exercícios.

[Saiba como tratar a obesidade.]

 

TRATAMENTOS PARA O CÂNCER DE PRÓSTATA

O diagnóstico precoce é muito importante para o sucesso do tratamento, que depende do estágio em que a doença se encontra e podem ser associados ou aplicados separadamente. Normalmente, o tratamento é feito por uma equipe formada por urologista, oncologista, radioterapeuta e cirurgião, e pode envolver: conduta expectante; cirurgia; radioterapia; criocirurgia; hormonioterapia; quimioterapia; e terapia-alvo.

câncer de próstata