Project Description

Exame de Halimetria

A halimetria é um exame realizado por um aparelho chamado Halimeter, que detecta – por meio do ar expelido – a presença e quantifica os compostos sulfurados voláteis (CFV) em partes por bilhão (PPB). Alguns desses compostos voláteis, como o gás sulfidreto e os derivados de enxofre metil-mercaptana e dimetil-sulfeto, são os principais responsáveis pela halitose.

Esse exame é solicitado a pacientes que desejam diagnosticar a presença e a origem do mau hálito, para que possam realizar um tratamento adequado mais eficiente.

 

Procedimento

O Halimeter mede o ar expelido pela boca e narinas e acusa a presença de compostos sulfurados voláteis, os tipos e as quantidades, indicando o grau da halitose.

Além dessa medição, o paciente deve responder a um questionário que investiga possíveis causas e o tempo que convive com o problema. Juntamente a isso, são avaliadas as mucosas da cavidade oral e nasal, a presença de implantes ou próteses dentais, os hábitos do paciente, e a presença de doenças metabólicas.

Como complemento, o paciente deve realizar a sialometria, procedimento que consiste em mastigar uma peça de silicone por cinco minutos para que seja medido o fluxo e a qualidade da saliva.

 

Recomendações pré-exame

Não ingerir alimentos com alho, cebola ou temperos com cheiro forte;

Não usar perfume nem nenhum produto com fragrância no dia do exame

3 horas antes do procedimento: não se alimentar, não fumar, não ingerir bebida alcoólica, não escovar os dentes ou usar fio dental, não mascar chicletes, balas ou pastilhas.