Project Description

Endoscopia Digestiva Alta

O que é?

A endoscopia é indicada para examinar a mucosa do esôfago, estômago e a primeira parte do intestino delgado, a fim de se investigar a existência lesões, úlceras, pólipos, tumores e hemorragias. É realizada com a utilização do endoscópio, um tubo sensível, uma fonte de luz e uma câmera, que transmite as imagens para um monitor.

Desde 2010, somos referência em endoscopia, tanto em diagnósticos por imagem quanto em tratamentos de lesões subepiteliais em áreas como esôfago e estômago, além de outros procedimentos.

Por que é solicitado?

Esse exame deve ser realizado quando o paciente apresenta queixas e sintomas de problemas no esôfago, estômago e duodeno, para investigar doenças como úlcera, refluxo gastroesofágico, tosse crônica, infecção por bactérias, doença celíaca, entre outras; e a existência de nódulos ou tumores.

Procedimento

A endoscopia é realizada com o paciente sedado (sedação endovenosa), por isso, é um exame indolor. O endoscópio realiza fotos e imagens dos tecidos examinados e, se for necessário, colhe material para biópsias e faz remoção de pólipos. O exame dura em torno de 20 minutos, mas o paciente fica em observação até que se sinta em condições de ir embora.

Recomendações

– Jejum total de seis horas para sólidos e três horas para líquidos;

Por causa dos medicamentos sedativos, o repouso após o exame deve ser de 12 a 24 horas, e o paciente não deve dirigir, operar máquinas nem realizar tarefas que demandem atenção ou ofereçam riscos;

– Algumas medicações podem interferir na realização da endoscopia, por isso, é fundamental informar o médico se estiver fazendo uso de remédios;

– Não é recomendado para mulheres grávidas, os riscos e benefícios precisam ser avaliados pelo médico. Mulheres que amamentam devem descartar o leite até seis horas após a realização do exame, depois desse período, podem amamentar normalmente.