Loading...

DIARREIA

O que é diarreia? Quando procurar atendimento médico? Qual o melhor tratamento? Qual dieta deve ser seguida? Como prevenir a transmissão?

CONCEITO
Definida como três episódios ou mais por dia de fezes moles ou líquidas.

CAUSAS PARA A DIARREIA
A diarreia pode ser causada por infecções ou por efeito colateral de antibióticos ou outras drogas, alergias alimentares, doenças gastrointestinais (como a doença inflamatória do intestino, entre outras) e existem outras causas as quais são menos comum. Quando causada por infecções/intoxicação alimentar: geralmente resulta de comer ou beber água ou alimentos contaminados. Os sinais e sintomas da infecção geralmente começam em 12 horas a quatro dias após a exposição e desaparecem dentro de três a sete dias. Não sendo na maioria das vezes identificada a causa devido a melhora destas sem algum tipo de tratamento.

QUANDO PROCURAR AJUDA
Diarreia leve: Há um aumento do fluxo intestinal, porém as pessoas conseguem manter sua rotina.
Diarreia grave : Ocorre quando há muitos episódios de evacuação, provocando perda de quantidade significativa de água e sais e aumentando do risco de desidratação grave. A diarreia pode apresentar-se acompanhada de febre (temperatura superior 38ºC), dor abdominal, ou cólicas.

QUANDO PODE SER TRATADA EM CASA
Quando a diarreia for leve ou moderada
A pessoa poderá ser tratada por beber líquidos extras. Os fluidos devem conter água, sal e açúcar.

SORO CASEIRO
No caso de diarreia que não tenha sinais de desidratação, as bebidas isotônicas poderão ser utilizadas. Como também, sucos de frutas diluídos, ofertados junto com biscoitos salgados e caldos ou sopas.

COMO SABER SE HÁ DESIDRATAÇÃO?
Deve-se observar a cor da urina e monitorar a frequência.
Quando a urina estiver sendo eliminada em pouca frequência ou esta estiver na cor amarelo-escuro, você deve beber mais líquidos.

COMO SABER SE ESTA HIDRATADO?
A urina deve ser de cor amarela clara para quase incolor e deve-se ter a frequência de urinar de 3 a 5 para ser considerado bem hidratado. No caso de desidratação
Quando a pessoa estiver desidratada e estiver impossibilitada de tomar líquidos por via oral, uma solução de reidratação pode ser administrada numa veia (fluidos intravenosos) em um consultório médico ou no hospital.

DIETA
Não há comida particular ou grupo de alimentos que sejam melhores quando você tem diarreia. No entanto, a nutrição adequada é importante durante um episódio de diarreia aguda. No caso em que a pessoa esteja sem apetite, deve-se ofertar apenas líquidos, sendo que esta orientação seja cumprida por um curto período de tempo. Quando a pessoa apresentar diarreia aquosa deve-se ofertar os amidos e cereais como por exemplo: batatas, macarrão, arroz, trigo e aveia, sempre cozidos. Também poderão ser indicados os biscoitos, bananas, sopas e vegetais cozidos.

PREVENÇÃO DA DISSEMINAÇÃO
Indivíduos com diarreia devem ser cautelosos para evitar a disseminação da infecção para a família, amigos e colegas de trabalho. Em todo o período em que o indivíduo estiver tendo episódios de diarreia ele é considerado capaz de transmitir a bactéria causadora, pois os microorganismos que causam diarreia são transmitidos através da mão contaminada em contato com a boca sendo importante realizar a lavagem das mãos sempre após a utilização do banheiro e, ao trocar fraldas dos bebês e crianças. Para que não ocorra a disseminação é indicado que o indivíduo não frequente o trabalho, nem locais públicos.

LAVAR AS MÃOS
Lave-as com água e sabão. A maneira ideal de lavar as mãos é primeiramente, molhá-las com água e sabão comum ou antibacteriano e esfregar uma a outra por 15 a 30 segundos. É importante que sejam lavadas as unhas, entre os dedos e os pulsos. Lave as mãos cuidadosamente e seque com papel toalha não reciclado. Caso não tenha nenhuma pia disponível, indique a utilização de álcool gel para esfregar/friccionar as mãos de forma manual, passar nos dedos, unhas e punhos, de forma a desinfetar. Para facilitar indique álcool gel de frasco pequeno (que dê para o paciente carregar em sua bolsa).
Lave as mãos depois de trocar fraldas, antes e depois de preparar alimentos e de comer, depois de ir ao banheiro, após o manuseio de lixo ou roupa suja, depois de tocar em animais ou animais de estimação, e depois de assoar o nariz ou espirrar.

” Só há um caminho para reduzir o peso, melhorar os hábitos alimentares e aumentar a prática de exercícios físicos. “